Dias 45 a 48: Santiago do Chile – Viña del Mar/CHI (08 a 11/02/2013)

Terminada nossa ótima estadia em Pucón, no 45º dia de viagem (08/02/2013) eu e Shane partimos em direção à capital chilena, localizada 780 km ao norte de Pucón, pela ótima Ruta 5.

Rodar por estradas duplicadas, com abundância de postos de combustíveis e tráfico mais intenso era um privilégio depois de encarar as rodovias do trecho sul, onde por horas não cruzávamos nenhum outro veículo. Estávamos voltando à um grande centro após um mês que deixamos Buenos Aires/ARG.

Chegamos em Santiago no início da noite e nos hospedamos no ótimo bairro Providencia, saímos para jantar e no início da madrugada Shane foi ao aeroporto buscar sua namorada Victoria que vinha de Chicago para nos encontrar.

O ponto especial do dia é que completei 10.000km de estrada desde que sai de casa em 26/12/2012, cada quilometro tem sido especial!

No sábado dia 09/02/2013, após tomar o café fui buscar minha namorada Laila, que também chegava para se unir. Reencontrá-la após mais de um mês foi muito especial, amenizou um pouco da saudades de casa.

O resto do dia foi atípico, Santiago teve o abastecimento de água foi suspenso para manutenção, a capital chilena estava às moscas, restaurantes todos fechados, não havia onde jantar, voltamos ao hotel e disputamos com uma multidão os “deliciosos” mistos-quentes do Ibis.

Para fugir do “apagão hidráulico” no domingo 10/02/2013 fomos, nós 4 (Eu, Laila, Shane e Victoria), visitar Vinã del Mar e pela primeira vez na vida tive contato com o Oceano  Pacífico. Porém fora isso a cidade litorânea não me empolgou, cheia de pessoas, com as praias sujas e impróprias para o banho, me lembrou algumas praias do litoral paulista, porém o azul do mar é diferente. Almoçamos um ótimo pescado em um dos restaurantes com vista para o mar e caminhamos na orla. Voltamos no fim da tarde e terminamos o dia a base de pizza e vinho no bairro de Las Condes.

Nosso último dia em Santiago (11/02/2013) aproveitamos para passear no bairro Bellavista e subir o Cerro San Cristobal, confesso que fiquei decepcionado com o Cerro, pois da última vez que estive por lá em 2009 o Funicular e o Teleférico estavam funcionando, subir até o topo de táxi foi frustrante. Porém a vista lá do alto é recompensadora.

À noite encontramos uns amigos do Shane que vivem em Santiago e Yuri e Manuela, um casal de suíços que conhecemos em Torres del Paine, e fomos à um ótimo restaurante vietnamita onde o fundo musical era bossa nova, cantando numa mistura de castellano com português, vivíamos ali uma verdadeira torres de babel, brasileiros, americanos, chilenos, suíços, comida vietnamita e música brasileira cantada por locais.

Nossa estada em Santiago foi muito especial, voltar a uma cidade grande após mais de um mês foi importante para entrar no ritmo, pois a partir daí só teria mais uma semana antes de voltar a caótica SP. Reencontrar com minha namorada foi mais especial ainda, matar a saudades após tanto tempo assim é bom demais.

O destino seguinte de nós 4 seria Mendoza/ARG, mas isso é uma história que fica para o próximo post.

Apoio:

About mochilaecapacete

Mochila & Capacete é o blog pessoal do montanhista, motociclista e mochileiro Marcos Paulo L. Ferreira.
This entry was posted in Chile, De Mochila e Capacete até onde o vento faz a curva, Relatos de viagem and tagged , , , , . Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>